• Brasil

     Esta manhã eu imagino um desenho sem nuvens
    Com algumas cores como o meu pincel
    Azul, vermelho, sinto-me sábio como uma imagem...
    Com algumas casas e alguns animais

    Esta manhã eu imagino um país sem nuvens...
    Onde todos os papagaios não vivem mais em gaiolas
    Amarelos, verdes, brancos, eu uso o que eu quiser...
    Porque é assim que eu imagino um mundo perfeito...

    Um pássaro, uma criança, um bode...
    O azul do céu, um belo sorriso na ponta dos lábios...
    Um crocodilo, uma vaca, um pouco de sol.
    E hoje à noite eu adormeço no País das Maravilhas
    Um pássaro, um lápis, um bode...
    O azul do céu, um pouco de açúcar, um pouco de sal...
    Um crocodilo, algumas flores, uma abelha.
    E hoje à noite eu adormeço no País das Maravilhas

    Esta manhã eu imaginei um desenho sem estrelas
    De todas as cores, um desenho sem contornos
    Quanto mais eu gosto, mais eu apago tudo e começo de novo...
    Com outras casas e outros animais

    Esta manhã eu imagino um país sem nuvens...
    Onde todos os papagaios não vivem mais em gaiolas
    Amarelos, verdes, brancos, faço o que gosto...
    Porque é assim que eu imagino um mundo perfeito...

    Um pássaro, uma criança, um bode...
    O azul do céu, um belo sorriso na ponta dos lábios...
    Um crocodilo, uma vaca, um pouco de sol.
    E hoje à noite eu adormeço no País das Maravilhas

    Um pássaro, um lápis, um bode...
    O azul do céu, um pouco de açúcar, um pouco de sal...
    Um crocodilo, algumas flores, uma abelha.
    E hoje à noite eu adormeço no País das Maravilhas

    Um pássaro, uma criança, um bode...
    O azul do céu, um belo sorriso na ponta dos lábios...
    Um crocodilo, uma vaca, um pouco de sol.
    E hoje à noite eu adormeço no País das Maravilhas
    Um pássaro, um lápis, um bode...
    O azul do céu, um pouco de açúcar, um pouco de sal...
    Um crocodilo, algumas flores, uma abelha.
    E hoje à noite eu adormeço no País das Maravilhas